quinta-feira, 25 de junho de 2009

Hoje seria aniversário do meu pai...



Primeiro aniversário sem você... Para onde foi o aniversariante?
Cadê as velas deste bolo? Seriam tantas, né pai?!
Seriam 77 velas!
São muitos anos vividos... muitas histórias...muita força...muita luta!
Tantos exemplos bons à serem seguidos.
Hoje não terá festa...
Não terá bolo...
Mas a luz destas velas iluminarão teu caminho.
Hoje, pai, te agradeço uma vez mais,
por tudo que fostes e sempre serás para mim.
Enquanto escrevo, peço à Deus que permita
que essas palavras cheguem até você.
Que levem o amor que carrego por ti,
a saudade que insiste em doer...
Hoje, pai, recebe meu beijo em forma de brisa suave...
Recebe meu abraço em forma de perfume de flor...
Que em tua nova morada você esteja bem, tranquilo, em paz.
Que esteja certo de que cumpriste tua missão.
Foste um guerreiro invencível...e por muitos, invejado!
Batalhador...forte...briguento...ranzinza, até...
mas com um coração enorme!
Pai, obrigada por cada minuto de minha vida.
Obrigada por cada sorriso que colocaste na face do meu filho.
Você foi mais que avô, mais que pai...mais que amigo.
Pai, você foi o mundo do Lucas..o seu super herói!
É o teu exemplo de homem íntegro, correto,
trabalhador e honesto que ele vai seguir.
Sei que Deus nos dá força..
Sei que vamos ainda nos encontrar...
Então nesse dia vou te abraçar como nunca...
e dizer que te amo, como antes...
Pai, onde estiver, recebe meu beijo...meu amor!

Um comentário:

Marisa Kaplan disse...


Hoje tambem seria o aniversario do meu pai, por isso me identifiquei com sua postagem.parabens pelas lindas palavras!